Micro e pequenas empresas batem recorde de pedidos de Recuperação Judicial

Serasa Experian afirma que o número de recuperações judiciais em 2016 foi o maior em uma década, com 1.863 requerimentos, o maior volume desde 2006. Esse número é 44,8% maior do que em 2015 e 125% superior a 2014.

Muitos foram os problemas enfrentados pelas empresas brasileiras em 2016: instabilidade econômica, política, falta de caixa e de crédito, gerando dificuldades no financiamento e na renegociação das dívidas.

As empresas mais atingidas foram as micro e pequenas, responsáveis por 1134 pedidos, equivalentes a 61% do total dos pedidos judiciais.

Com relação à pedidos de falência, foram 1852 em todo País, 3,9% a mais que em 2015, equivalentes a maior quantidade dos últimos quatro anos. É importante destacar que 994 foram de micro e pequenas empresas, ou seja, 53% do total.