Recuperação Judicial

A Recuperação Judicial  viabiliza a superação da situação de crise econômico-financeira do devedor, permitindo a manutenção da produção e o emprego, os interesses da empresa e dos credores, a preservação do negócio, sua função social e o estímulo à atividade econômica.

Empresário individual, sociedade empresária (empresas), cônjuge sobrevivente, herdeiros do devedor, inventariante e sócio remanescente podem pedir a  Recuperação judicial.

Atividades envolvidas:

* Planejamento estratégico
* Planejamento financeiro
* Conciliação e mediação de acordos
* Proposição da Recuperação Judicial
* Acompanhamento da Aprovação